Capital do Agreste contará com reforço de mais de 13 mil homens para o período junino

 

 

 

 

 

Com relação ao policiamento ostensivo e a organização de horários, especificamente no para o período junino, nos dias de festa na cidade de Caruaru,  a Polícia Militar emitiu nota de esclarecimento, que se especifica  o reforço de mais de 13 mil homens para a capital do Agreste.

 

Nota PM

 

A Polícia Militar de esclarece que a portaria nº 001/2017 não limita horários do policiamento ostensivo, que ocorre 24 horas por dia, cobrindo todo o território pernambucano. A normativa regula a duração de grandes eventos e shows contratados pelas prefeituras, como ocorre todos os anos e também em outras festas do calendário oficial, a exemplo do Carnaval. Dizer que há limite de policiamento ou “toque de recolher” é, claramente, uma tentativa de distorcer os fatos. Essa organização de horários, feita em conjunto com as prefeituras e as polícias Civil, Científica e Corpo de Bombeiros, norteia apenas o planejamento do efetivo para aquele evento ou show, garantindo a segurança necessária para que a população brinque a festa junina com tranquilidade, como já é uma tradição de Pernambuco. Vale ressaltar que, conforme destaca o artigo 3º da portaria, os horários podem ser ajustados, em comum acordo, e isso já está previsto para algumas apresentações artísticas e culturais de grande porte, a exemplo das que ocorrem em Caruaru.

 

É fundamental reforçar ainda que o policiamento ordinário, que recobre as vias públicas das 184 cidades pernambucanas mais Fernando de Noronha, não está atrelado a essa portaria. Na última quarta feira, o plano de ação da Segurança Pública para o período junino em Caruaru foi apresentado. Ao longo do mês, o reforço na capital do Agreste será de mais de 13 mil homens.

Share This:

Comentários